top of page
Buscar
  • Foto do escritorleandro

O que é Transformação Tecnológica?

Não, não estamos falando de Transformação Digital. Estamos falando de uma mudança mais profunda e abrangente. Vamos clarear um pouco isso então:



Transformação Digital é, em um resumo simples, o processo em que empresas usam tecnologias digitais para solucionar problemas tradicionais, como: quedas no desempenho, produtividade, agilidade e eficácia. Essa transformação deve partir de uma mudança estrutural nas organizações.


Fazer uma transformação digital significa reestruturar os processos da sua empresa, absorvendo uma cultura digital com o objetivo de ganhar produtividade. Para realizá-la, é necessário fazer mudanças estruturais na empresa, colocando a tecnologia como elemento central.


Talvez você esteja pensando: “já tenho um site, uma página no Facebook e faço o armazenamento de arquivos na nuvem. Isso quer dizer que minha empresa já passou pela Transformação Digital?”


Não é bem assim. A Transformação Digital requer uma mudança mais radical, que pode demorar e incluir investimentos um pouco mais altos. Isso não quer dizer, no entanto, que só grandes empresas com orçamentos milionários podem implementá-la.


Além disso, também é um investimento de tempo, pois não se trata só de uma questão de tecnologia, mas também de gestão. A estratégia digital depende do uso de ativos digitais de novas maneiras para essa transformação: Isso inclui análises (preditivas e prescritivas), Cloud computing (computação em nuvem); Mobile (mobilidade); Social business/media (negócios e mídias sociais); Big Data (ferramentas e serviços analisar e aproveitar as oportunidades geradas pelo grande volume de dados produzidos), IA(uso maciço de inteligência artificial); a IoT(Internet das Coisas); e desenvolvimento de aplicativos.


Falaremos sobre TD e alguns desses conceitos em post futuros.


Literalmente, fazer a transformação digital é jogar sua empresa para dentro do ambiente tecnológico. Mas ai fica a pergunta: "O ambiente tecnológico de Sua Empresa está pronto para a receber essa carga de trabalho, processamento e responsabilidade??"


A resposta dessa pergunta é a Transformação Tecnológica! A tecnologia como a conhecemos hoje, começou nas décadas de 1960/70 e nos primeiros anos de 1980, é marcado pelo mainframe, os grandes computadores utilizados para processar dados militares, de empresas multinacionais e bancos. Neste período, não existiam muitas máquinas e o número de usuários e aplicações que se relacionavam com elas era ainda menor. Não havia a democratização tecnológica vista atualmente, o mainframe tinha seu uso restrito ao governo ou a empresas com grande poder no mercado, tanto aquisitivo quanto competitivo. Internamente "os caras da Computação" eram vistos como "detentores de poder" e os demais usuários seus dependentes. Digamos que isso poderia ser chamado de época da Computação. Após isso, de mais ou menos, 1985 a 2011, tivemos o surgimento e desenvolvimento dos computadores pessoais (PC), que inicia o processo de revolução tecnológica. Seu uso, inicialmente, se restringia a médias e grandes empresas, mas, ao contrário do mainframe, esses computadores alcançaram as residências, passando a ter amplo uso doméstico. Assim, começam a ser construídas as primeiras redes de computadores e o conceito de cliente-servidor, principalmente a partir do advento da internet. Mais importante ainda é pensar que foi neste período que a globalização se concretiza e que, com as tecnologias vindas dos Estados Unidos, a informação começa a ser trocada em larga escala, conectando todos os cantos do mundo. A TI(departamento de informática e tecnologia), apesar da evolução, da informatização(colocar micro em todo canto), continua fechada em si(estigma de caixa preta) (iremos fazer um post sobre isso futuramente), trabalhando para se manter e atender as demandas de "quase" automação de processos. Podemos chamar essa fase como Informática ou mais recentemente como "Tecnologia da Informação".

Percebemos que a evolução natural da computação, de 2011 para cá, buscando suprir o desejo por maior conectividade e virtualização de experiências, principalmente como forma de inovar as tecnologias para aplicações móveis, para uma aproximação com clientes e por formas de oferecer melhores experiências. Assim, o grande volume de dados produzido se torna um dos elementos de maior valor nos negócios, auxiliando no desenvolvimento de produtos e serviços e na conquista de maior competitividade e vantagens de mercado. O setor de TI, está sendo "atropelado" pelo uso maciço de dispositivos tecnológicos, pela informação disponível em todo canto(qualquer coisa dá um google ai), as demandas só crescem e tudo começa a fugir das mãos. Mas infelizmente, o que se vê é que essa área se fecha mais em si, para se "proteger" dessa onda. O sentimento de perda de poder é grande e a incapacidade de reagir a isso tudo aumenta. Por isso é necessária a Transformação Tecnológica. O setor de TI(tecnologia da informação) precisa se moldar e integrar aos processos e objetivos da Empresa. Precisa ser vista como parte auxiliar, importante e efetivamente trabalhar para que os negócios e a Empresa cresçam e evoluam. Precisamos portar/transformar o setor de TI(Tecnologia da Informação) em TN(Tecnologia de Negócios). E isso é para ontem. Desenvolvemos um modelo(framework) que trata esse conceito em todos os seus aspectos.

Analisa, Diagnostica, Molda e Entrega um novo padrão de Tecnologia.

https://www.pro-audit.eti.br/solucoes

O conceito apresentado aqui é uma quebra de paradigma para a TI, pois geralmente é o setor mais resistente a mudanças. A pandemia mostrou um pouco disso. Apesar de grandes evoluções de conectividade e disponibilização dos recursos, as soluções usadas para esse momento, foram confortáveis e pouco evolutivas. Ou seja, a TI como setor não saiu da zona de conforto.


O que precisamos é criar essa NOVA Visão para esse nosso NOVO Normal.

E a TI? ESSA SIM, PRECISA SE TRANSFORMAR!



859 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Post: Blog2_Post
bottom of page